A pedido do prefeito, Câmara de Mundaú aprova aumento na conta de luz

O vereador Egberto Batista, Tôta, foi o único a questionar o projeto da Prefeitura, que não especifica o percentual do reajuste

Por Redação 24/06/2017 - 16:53 hs
Foto: RedeSocial
A pedido do prefeito, Câmara de Mundaú aprova aumento na conta de luz
Prefeito Arthur Freitas pediu reajuste sem dizer qual será o percentual de aumento

Apesar da crise econômica que afeta todos os cidadãos do país, a câmara de vereadores de Santana do Mundaú aprovou um reajuste na conta de Luz dos cidadãos daquele município. Isso por se só já deixaria os cidadãos indignados, entretanto, o que mais chama a atenção é que os vereadores aprovaram o reajuste com rapidez e sem ao menos saberem qual será o percentual de aumento, pois no projeto de reajuste enviado pelo prefeito, Arthur Freitas, não consta tal informação.

O vereador Egberto Batista, Tôta, foi o único a questionar o projeto da Prefeitura, que  não especifica o percentual de reajuste, o que o motivou a se abster de votar a matéria. “A minha abstenção é pelo fato do projeto não informar a porcentagem. Não sei o valor que irá ser cobrado”, falou o vereador. 

O reajuste foi aprovado sem nenhum questionamento por seis vereadores: Alex Freire (PMN), Chameguinho (SD), Drª Inês (PRP), Edileuza Machado (PRP), Ivan Ferreira (PMN) e Vanderley (PMDB). Já os vereadores Genor (PR) e Bia (PR) estavam ausentes da sessão.

Situação Caótica

A câmara de vereadores de Santana do Mundaú recebeu, nos últimos três meses, vários Ofícios com pedidos para que se apurem diversas irregularidades que supostamente vem sendo praticadas pelo prefeito Arthur Freitas e sua gestão. No entanto, a câmara de vereadores, cuja maioria fazem parte da bancada do prefeito e que tem vereador cuja esposa ocupa cargo de confiança na prefeitura, não deu resposta a nenhum dos ofícios, nem deu indícios que fará qualquer tipo de cobrança ao executivo municipal.  

Por conta desta aparente omissão por parte dos vereadores, o Movimento Mundaú Livre, criado por cidadãos do município, solicitou apoio da ARCCOP – Associação Regional de Combate a Corrupção Política no Estado de Alagoas. As duas instituições vêm colhendo provas das supostas irregularidades cometidas pelo prefeito, pra poder solicitar do Ministério Público uma resposta adequada para a situação pela qual passa Santana do Mundaú.

 

Enquanto isso, os projetos desfavoráveis a população, enviados pelo prefeito Arthur Freitas, poderão continuar sendo aprovados pelos vereadores sem nenhum questionamento. 

 

Fonte: MundaúNotícias